Dias: “Candidato sai após semana santa”

Dias confirmou a informação divulgada na última quinta-feira pelo Jornal Meio-Norte

O candidato a governador da base aliada só será anunciado pelo governador Wellington Dias após a semana santa. Dias confirmou a informação divulgada na última quinta-feira pelo Jornal Meio-Norte e garantiu que os entendimentos no bloco governista serão fechados depois de 02 de abril, prazo máximo de desincompatibilização dos gestores que pretendem concorrer ao pleito de outubro.

?Estamos em fase de conversações. Após a semana santa pretendo ter condições de anunciar um nome?, declarou ontem, lembrando que a escolha será feita por ele e não responderá os critérios estabelecidos anteriormente, como o maior índice de intenção de votos. Durante a inauguração de mais uma etapa da reforma geral do Hospital Getúlio Vargas, o governador também comentou o polêmico projeto de lei enviado na última quarta-feira para a Assembléia Legislativa propondo que os ex-governadores tivessem uma equipe de segurança custeada pelo Executivo.

?Teve uma iniciativa do próprio Legislativo apresentada para mim solicitando que o Estado comprasse uma residência oficial para ex-governadores. Existem leis semelhantes para ex-presidentes e 17 estados?, pontuou.

Segundo Dias, o acompanhamento de segurança aos ex-governadores foi recomendado pela área de Segurança do Palácio de Karnak. ?Não sabia que teria essa repercussão. Outro governador que assumir analisará as razões e poderá dialogar com Alepi; para evitar maiores polêmicas e como não é vital para mim retirei o projeto?, justificou.

O chefe do Executivo estadual adianta que estará em Brasília na próxima segunda-feira, 29, no lançamento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Federal. ?Ainda não é o PAC 2, é uma parte apenas com obras federais. Até maio estaremos pactuando as outras obras típicas dos municípios?. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte