Wellington Dias vai conhecer políticas para viciados na Europa

Wellington Dias vai conhecer políticas para viciados na Europa

"Queremos saber como é financiado o sistema de cada país", ressalta Wellington

O senador Wellington Dias (PT) faz parte de uma comissão que viajou ontem para a Europa com o objetivo de fomentar o intercâmbio de experiências e colher subsídios para a formatação de políticas públicas de enfrentamento ao uso disseminado de álcool, crack e outras drogas no Brasil.

Além de Dias, a comissão é formada pelos deputados federais Iracema Portella (PP-PI), Givaldo Carimbão (PSB-AL) e Rosane Ferreira (PV-PR); e pela Secretária Estadual do Governo do Mato Grosso do Sul, Tânia Mara Garib.

O grupo fica até cinco de novembro na Europa para conhecer as políticas da Inglaterra, Holanda, Suécia e Portugal para os dependentes químicos. A missão mista, integrada por parlamentares da Câmara e Senado, foi aprovada pela Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, Crack e Outras Drogas (Casdep) no Senado, presidida pelo senador Wellington Dias.

“É uma viagem que vai referendar o trabalho da Subcomissão a partir do conhecimento in loco de experiências exitosas no enfrentamento ao uso de drogas e vai subsidiar a organização de uma conferência nacional sobre o tema”, afirma o senador petista.

A missão tem por objetivo conhecer os métodos de prevenção, tratamento, acolhimento e reinserção social dos usuários de drogas de cada país visitado, além de obter informações sobre a legislação existente sobre o tema.

“Também queremos saber como é financiado o sistema de cada país, de onde vêm os recursos e se existe um fundo específico para lidar com esse problema”, ressalta Wellington.

Outro objetivo dos parlamentares é conhecer a rede de qualificação profissional para a formação de pessoas que lidam diretamente com os dependentes.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte