Dilma cancela pronunciamento para pedir apoio contra o impeachment

Talvez a presidente se posicionará apenas em redes sociais

O Palácio do Planalto decidiu adiar o pronunciamento que a presidente Dilma Rousseff faria na noite desta sexta-feira (15) em rede nacional para pedir apoio contra o impeachment. 

A cúpula do governo ainda não decidiu se a cadeia de rádio e TV será convocado para amanhã ou se ela se posicionará apenas em redes sociais, como fez algumas vezes no ano passado como forma de evitar os panelaços.

A decisão foi tomada depois que o partido Solidariedade entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a veiculação da fala de Dilma.

O Planalto resolveu adotar a cautela e quer aguardar os desdobramentos dessa ação para então decidir o destino do pronunciamento, que pode ficar restrito às redes sociais.A avaliação dentro do governo é que se a Justiça Federal barrasse o pronunciamento, geraria mais um fato negativo para Dilma, tudo o que o governo não quer neste momento.

Dilma Rousseff  (Crédito: Divulgação)
Dilma Rousseff (Crédito: Divulgação)


Fonte: O Globo