Dilma chega ao Equador e se reúne com presidente Rafael Correa;veja

Em breve declaração à imprensa, Dilma defendeu cooperação regional

A presidente Dilma Rousseff desembarcou em Quito, no Equador, para participar Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribe (Celac). Em breve declaração à imprensa, antes de partir para encontro com o presidente equatoriano, Rafael Correa, ela defendeu cooperação regional e entre os dois países.

Esta é a primeira viagem internacional da presidente neste ano e, enquanto ela estiver no exterior, o vice-presidente Michel Temer exercerá a Presidência da República de forma interina. Conforme a Secretaria de Comunicação Social, Dilma volta a Brasília na noite desta quarta-feira.

Ela foi recebida por Rafael Correa no Palácio Carondelet, sede do governo do Equador. Após o encontro com Correa, a previsão era que a presidente participasse da chamada reunião ampliada, da qual participam ministros dos dois governos. Depois da reunião, deverá haver nova declaração à imprensa e, em seguida, os presidentes dos dois países terão um jantar.

Dilma participará, ao lado de outros chefes de Estado e de governo, da cúpula da Celac. Na reunião, a presidência do grupo será transferida do Equador para a República Dominicana. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o objetivo do encontro em Quito é estabelecer as diretrizes para a continuidade das atividades de articulação política, cooperação setorial e relacionamento externo da Celac.


Dilma no palácio presidencial equatoriano, ao lado de Rafael Correa  (Crédito: Reprodução)
Dilma no palácio presidencial equatoriano, ao lado de Rafael Correa (Crédito: Reprodução)
Dilma no palácio presidencial equatoriano, ao lado de Rafael Correa  (Crédito: Reprodução)
Dilma no palácio presidencial equatoriano, ao lado de Rafael Correa (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1