Dilma diz que "juros estão num nível que nunca antes atingiram"

Presidente participou de cerimônia da Petrobras na Bahia

Dois dias depois de o Banco Central anunciar a redução da taxa básica de juros da economia para 8% ao ano, a presidente Dilma Rousseff usou nesta sexta-feira (13) uma expressão do antecessor Luiz Inácio Lula da Silva para afirmar que a economia brasileira está "em outro caminho" e que está repartindo "o bolo".

?Esse caminho nós viemos construindo desde quando o presidente Lula assumiu o governo em 2003. Agora, em 2011, 2012, nós atingimos uma nova fase. Qual é a fase que nós atingimos? Nós estamos modificando algumas condições do Brasil que eram entraves ao crescimento econômico sustentável do país. A primeira grande mudança tem sido a redução dos juros?, disse.

?Os juros desse país estão num nível que nunca antes, como diria o presidente Lula, ?na história desse país?, eles atingiram?, completou.

Para Dilma, a atual taxa de câmbio praticada no Brasil é o que ?impede que a nossa indústria seja sucateada com produtos do exterior?.

A presidente lembrou uma frase usada recorrentemente no período da Ditadura Militar _?é preciso primeiro aumentar o ?bolo? (da renda nacional) para depois reparti-lo?_para mostrar que o Brasil optou por dividir a renda simultaneamente.

?Foi-se o tempo em que era concebível que o bolo precisava crescer primeiro para ser distribuído depois. Agora, à medida que construímos o bolo, nós repartimos o bolo. E isso leva sempre a um bolo muito maior do que o inicial.?

Dilma participou de dois eventos na Bahia nesta sexta-feira (13). Primeiramente, foi ao lançamento do empreendimento Enseada do Paraguaçu, estaleiro com investimento previsto de R$ 2 bilhões em Maragogipe e depois ao batismo da plataforma P-59 da Petrobras, construída no canteiro São Roque do Paraguaçu.

Fonte: G1