Dilma Rousseff cria 11 novos cargos para a Comissão da Verdade

A comissão era criticada por não ter assessores suficientes

A Comissão da Verdade ganhou 11 novos cargos devido ao grande "volume de trabalho" e ao seu "prazo exíguo" de funcionamento. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o grupo, que antes tinha 14 assessores, agora terá 25 cargos preenchidos. A reestruturação ocorreu por um decreto da presidente Dilma Rousseff editado nesta sexta-feira.

Instalada em maio do ano passado, a comissão tem dois anos para investigar, desvendar e produzir uma narrativa oficial e completa sobre as violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, mas seu verdadeiro foco é a ditadura militar (1964-1985). A comissão era criticada por não ter assessores suficientes para cumprir uma agenda de trabalho tão extensa.

Fonte: Terra, www.terra.com.br