Dilma destaca "honradez" de Itamar e decreta luto de sete dias

Dilma destaca "honradez" de Itamar e decreta luto de sete dias

Na nota, a presidente da República afirma que "recebeu com tristeza" a notícia da morte

A presidente da República, Dilma Rousseff, decretou luto oficial no país de sete dias devido a morte do ex-presidente Itamar Franco. Itamar morreu aos 81 anos neste sábado (2), em São Paulo.

Segundo nota divulgada pelo Hospital Albert Einstein, o ex- presidente sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) na UTI, onde estava sendo tratado de uma pneumonia decorrente de uma leucemia aguda, e morreu às 10h15 da manhã.

Na nota, a presidente da República afirma que "recebeu com tristeza" a notícia da morte do ex-presidente da República. Dilma ainda afirmou que Itamar teve uma "trajetória exemplar". A presidente já confirmou que irá às cerimônias fúnebres do ex-presidente em Minas.

Ainda na manhã deste sábado, a presidente conversou por telefone com Henrique Hargreaves, amigo e secretário particular de Itamar, e com o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Dilma ofereceu o Palácio do Planalto para o velório de Itamar, mas, segundo Aécio, a família preferiu fazer uma cerimônia mais reservada. A presidente também ofereceu um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para auxiliar no transporte dos familiares de Itamar às cerimônias fúnebres.

Leia a íntegra da nota

"Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento do senador e ex-presidente Itamar Franco. Dirigente do País em um momento crucial da nossa história recente, o presidente Itamar nos deixa uma trajetória exemplar de honradez pública. O Brasil e Minas sentirão a sua falta.

Neste momento de dor, quero transmitir meus sentimentos a seus familiares e amigos.

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil"

Fonte: g1, www.g1.com.br