Dilma demite irmão de líder do governo no Senado Federal

Conforme o documento, a exoneração vigora a partir do dia 21 de julho

A presidente Dilma Rousseff assina, no Diário Oficial da União desta quarta-feira, a exoneração de Oscar Jucá Neto do cargo de diretor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Oscar é irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Conforme o documento, a exoneração vigora a partir do dia 21 de julho e foi feita a pedido do agora ex-diretor da Conab, que, segundo reportagem da revista Veja, autorizou um pagamento irregular de R$ 8 milhões a uma empresa de armazenagem em Brasília cujo dono é um sem-teto. Oscar estava no cargo há pouco mais de um mês.

De acordo com a reportagem, o dinheiro para saldar a dívida com a empresa Renascença não existia no orçamento, o que levou a Conab a ter como garantia de pagamento a área de um estacionamento penhorado pela Justiça. Oscar teria tido tamanha pressa no pagamento que não notou que sacava dinheiro de um fundo exclusivo para a compra de alimentos.



Fonte: Terra, www.terra.com.br