Dilma Rousseff defende aplicação do dinheiro arrecadado pelo governo em programas sociais

Dilma Rousseff defende aplicação do dinheiro arrecadado pelo governo em programas sociais

As unidades habitacionais entregues em Cuiabá beneficiaram famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil

A presidenta da Dilma Rousseff voltou a defender a aplicação do dinheiro arrecadado pelo governo federal em programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida e o Bolsa Família. ?Os que mais precisam têm que usar mais o recursos que arrecadamos sob a forma de impostos?, disse a presidenta, durante a cerimônia de entrega de 638 unidades habitacionais do Residencial Altos Parques 2, em Cuiabá (MT), que integra o programa habitacional do governo.

?Essa casa, vocês não devem ao prefeito, ao governador, à presidenta, ela é fruto da visão de governo de que somos obrigados a olhar para aqueles que mais precisam, porque esse é o nosso compromisso em melhorar a vida da nossa população. É o mesmo que temos ao criar o Bolsa Família, ao fazer as creches, ao assegurar o ensino técnico e a capacitação profissional gratuitos?, acrescentou Dilma, dirigindo-se às famílias que receberam hoje as chaves dos imóveis.

As unidades habitacionais entregues hoje em Cuiabá beneficiaram famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil, primeira faixa do Programa Minha Casa, Minha Vida. O governo investiu R$ 33,1 milhões no empreendimento.

Segundo Dilma, o governo entregou, até agora, 1,65 milhão de casas do programa e contratou 1,7 milhão. Até o fim de 2014, a meta é contratar e entregar mais 400 mil unidades.

Ao lado do governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, e de vários ministros, Dilma listou obras do governo federal no estado, como duplicação de rodovias federais, construção de sistema para veículo leve sobre trilhos (VLT) e melhoria na infraestrutura de saneamento.

Dilma também aproveitou o evento em Cuiabá para defender os investimentos feitos pelo governo na preparação da Copa do Mundo. A capital mato-grossense é uma das 12 sedes do Mundial. A presidenta voltou a dizer que os benefícios das obras executadas para a Copa ficarão no país e pediu que os cuiabanos recebam os visitantes com ?calor, generosidade e alegria?.

Em Cuiabá, a presidenta visitará ainda hoje a Arena Pantanal, que está em fase final de obras e receberá as partidas da Copa na cidade. Dilma também participará de uma cerimônia de formatura de estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Fonte: Agência Brasil