Dilma e Aécio se apresentam como vítima de campanha agressiva

Dilma e Aécio se apresentam como vítima de campanha agressiva

 

 

  • E-mail
  • Orkut

 

Os programas de Dilma Rousseff e Aécio Neves, exibidos no horário eleitoral de sexta-feira (17), exploraram a guerra de acusações do debate no SBT, realizado no dia anterior.

Os dois presidenciáveis não apareceram em gravações inéditas. Atores foram escalados para elogiar a performance de seu candidato e criticar duramente o adversário.

Tanto a petista como o tucano foram apresentados como vítima da agressividade do oponente. E, obviamente, ambos sugeriram ter vencido o confronto.

No programa do PSDB, o ator enfatizou: “Dilma e o PT não agridem apenas o candidato Aécio Neves. Eles também agridem de forma covarde o filho, o pai, o marido, o irmão, o cidadão Aécio Neves”.

Na edição exibida na quarta-feira (15), quem reclamou do tom virulento foi a apresentadora do PT, ao comentar o debate na Band: “Aécio mostrou um lado desconhecido. Irritado com alguns questionamentos, ele chegou a ofender Dilma”.

Ontem, a propaganda da candidata à reeleição afirmou que “Aécio muda de acordo com as conveniências de momento” e, na sequência, exibiu imagens de atritos entre o tucano e a então candidata do PSB Marina Silva, nos debates da Band e da Globo, no primeiro turno.

Ficou evidente a intenção de transferir para Aécio a imagem colada em Marina, sua nova aliada: alguém que sacrifica as opiniões pessoais em função do jogo político.

Outro destaque da propaganda de sexta-feira foi a participação maior de personalidades de mídia que decidiram dar a cara para defender seu candidato na TV, nesta reta final de campanha.

O programa de Aécio mostrou o ator Ney Latorraca, a jogadora de vôlei Ana Paula, a atriz Lúcia Veríssimo, a dupla César Menotti e Fabiano, os também sertanejos Bruno e Marrone, o ex-jogador de futebol Julio Baptista, a cantora Sandra de Sá e a Banda Tianastácia.

Já Dilma apareceu em um evento na companhia de Alcione, Chico Diaz, Teresa Cristina, Otto, entre outros.

 

Fonte: Terra