Dilma é uma das 11 personalidades de 2011, diz jornal

Dilma toma posse no próximo sábado, dia primeiro de janeiro

A presidente eleita, Dilma Rousseff, é uma das 11 personalidades importantes neste próximo ano, segundo o jornal econômico francês La Tribune, que destaca a singularidade de "uma mulher à frente de um (país) emergente".

"Embora não seja a primeira mulher a presidir o destino de um país da América Latina, Dilma Rousseff (...) é a primeira a coordenar o grande líder da região", que "cada vez pesa mais - política, econômica e diplomaticamente - no clube das grandes potências emergentes do planeta", ressalta o jornal La Tribune em sua edição desta sexta-feira, na qual aponta as personalidades que marcarão os próximos meses.

A publicação francesa estima que "em 2011, Dilma Rousseff, que assume suas funções neste sábado, vai ter de manter um delicado equilíbrio entre a necessidade de esfriar a atividade e de continuar as grandes obras de infraestrutura, embora estas sejam para receber os visitantes e desportistas para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016".

Assinala que o Brasil, em plena ascensão, deve tramitar os males dos países em sua situação, "começando por uma economia à beira do reaquecimento que induz a uma taxa elevada de inflação".

Dilma aparece na lista do jornal francês junto de outras duas mulheres, ambas espanholas, a ministra da Economia, Elena Salgado, e a presidente da filial britânica do banco Santander, Ana Patricia Botín, "favorita" para suceder seu pai, Emilio Botín, à frente da entidade financeira.

Entre os oito homens escolhidos há outros políticos: o diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, e o comissário europeu do Mercado Interno, o também francês Michel Barnier.

Igualmente o governador do Banco Central da China, Zhou Xiaochuan, o economista Muhammad Yunus, promotor do microcrédito e Prêmio Nobel da Paz em 2006. No setor de empresa privada, aparecem os presidentes da LVMH, Bernard Arnault, o do Facebook, Mark Zuckerberg, o da Nokia, Stephen Elop, e o do Geely, Li Shufu.

Fonte: Terra, www.terra.com.br