Dilma manda hoje proposta de plebiscito à Congresso Nacional

Dilma manda hoje proposta de plebiscito à Congresso Nacional

A presidente Dilma Rousseff vai enviar nesta terça-feira (2) ao Congresso Nacional uma sugestão de plebiscito para fazer a reforma política.

A presidente Dilma Rousseff vai enviar nesta terça-feira (2) ao Congresso Nacional uma sugestão de plebiscito para fazer a reforma política. O anúncio foi feito ontem à noite, durante reunião na Granja do Torto, em Brasília (DF), com o vice-presidente Michel Temer, ministros e representantes das 39 pastas.

Além da mensagem, Dilma declarou que vai propor aos parlamentares os temas a serem tratados na questão da reforma política.

? Basicamente, diz respeito ao financiamento das campanhas e ao padrão de voto vigente, se é proporcional, se é distrital, se é misto. Amanhã vocês vão ver quais são as sugestões.

Dilma lembrou que não vai elaborar as perguntas, já que isso é responsabilidade do Congresso e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A presidente informou que já consultou a Corte Eleitoral, sobre as datas de possível realização da consulta popular.  

A presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, deve dar um panorama sobre as possibilidades também nesta terça-feira, segundo Dilma.

O governo trabalha com a possibilidade de as mudanças no sistema político valerem já nas eleições de 2014. Para isso, as alterações precisam ser concluídas, no máximo, em outubro deste ano.

?Governo Felipão?

Durante a conversa que teve com jornalistas durante a reunião no Torto, a presidente foi questionada se seu governo era padrão Fifa (Federação Internacional de Futebol) ? uma alusão às manifestações das ruas, que pediam escolas e hospitais ?padrão Fifa?.

Dilma respondeu, dando preferência ao técnico da seleção brasileira, que seu governo é ?padrão Felipão?. A presidente deverá se encontrar com os atletas e a comissão técnica após o descanso dos jogadores.

Popularidade em queda

A presidente também comentou a última pesquisa Datafolha, de sábado (28), que mostra uma queda de 27 pontos percentuais na popularidade do governo nas últimas três semanas ? agora, 30% dos eleitores consideram a gestão Dilma ótima ou boa. A presidente admitiu que respeita os números da pesquisa.

? Eu nunca comentei pesquisa, nem em cima nem embaixo. Eu recebo pesquisa pelo valor de face. É um retrato do momento e a gente tem que respeitar.

Fonte: r7