Dilma pede corte de tempo na propaganda de Serra

Dilma pede corte de tempo na propaganda de Serra

Os petistas acusam Serra de usar os minutos finais da propaganda para atacar Dilma Rousseff

A coligação da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, ajuizou nesta quarta-feira (8), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ação pedindo a suspensão imediata da exibição do programa eleitoral do adversário do PSDB, José Serra, veiculado nesta terça-feira (7) e o corte de tempo de propaganda do tucano.

Os petistas acusam Serra de usar os minutos finais da propaganda para atacar Dilma Rousseff sem a devida identificação da coligação representada pelo candidato tucano. Segundo os petistas, no final do programa são feitas acusações com imagens "sombrias" e cores vermelha e preta que supostamente fazem referência ao PT.

"Trata-se, sem sombra de dúvida, de estratégia ofensiva, com a finalidade de desqualificar a imagem da candidata Dilma Rousseff, repita-se, em total e inadmissível anonimato", afirmou a defesa da candidata petista.

Fonte: g1, www.g1.com.br