Dilma Rousseff privilegia NE em reunião com prefeitos no Planalto

Dilma Rousseff privilegia NE em reunião com prefeitos no Planalto

Dos 5 recebidos pela presidente nas últimas semanas, 4 são da região

A presidente Dilma Rousseff dedicou parte de sua agenda nas duas últimas semanas para conversar com novos prefeitos eleitos nas capitais do Nordeste. Dos cinco prefeitos recebidos no Planalto neste período, quatro são da região, visitada por Dilma na semana passada, em viagem ao Piauí.

Nesta quarta-feira (23), foi a vez de Luciano Cartaxo (PT), prefeito de João Pessoa (PB); e de Geraldo Júlio (PSB), de Recife (PE). Na segunda (22), o encontro foi com Roberto Cláudio (PSB), de Fortaleza; e na semana passada, com João Alves Filho (DEM), de Aracaju.

O único prefeito de fora da região recebido por Dilma no período foi Luiz Marinho (PT), de São Bernardo do Campo (SP), que veio a Brasília na sexta (18).

Segundo relato dos prefeitos que foram chamados ao Planalto, a presidente manifestou sua disposição em apoiar os municípios e fortalecer o diálogo direto com a União.

"A presidente está animada com os prefeitos, quer uma aproximação maior. Tem muita coisa que é pensada aqui, mas que acontecem de fato é nos municípios", afirmou o prefeito de João Pessoa nesta quarta, após deixar o gabinete de Dilma.

A série de reuniões com prefeitos ocorre uma semana antes do 2º Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, que será realizado entre 28 e 30 de janeiro, em Brasília. O Planalto convidou todos os prefeitos eleitos e reeleitos nas eleições de 2012 para o evento, cujo objetivo é apresentar os principais programas federais e orientar os gestores sobre formas de firmar convênios e contratos de repasse com a União.

O prefeito de Recife, Geraldo Júlio, elogiou a iniciativa do encontro. Ele também foi recebido por Dilma nesta quarta e disse não ter tratado de assuntos políticos com a presidente, que queria saber do andamento de projetos e obras tocadas na cidade em parceria com o governo. "A gente teve uma pauta administrativa", contou o prefeito.

Nesta terça-feira (22), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), deixou a reunião com a presidente dizendo que foi "muito bem recebido" por Dilma e pelas ministras Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais). "Foi uma visita de cordialidade", afirmou.

"Trocamos algumas impressões e a presidente manifestou o seu desejo de continuar uma política de apoio aos municípios brasileiros, de apoio aos grandes projetos de infraestrutura, de mobilidade nas grandes cidades", declarou Roberto Cláudio.

2014

Após sair da reunião com Dilma nesta quarta, Geraldo Júlio negou que Dilma tenha pedido que seu partido, o PSB, continue na base do governo. Para ele, a reunião não teve a finalidade de costurar apoio com a legenda para uma eventual disputa de Dilma ao segundo mandato presidencial em 2014.

Segundo interlocutores do Planalto, Dilma pretende intensificar a agenda de viagens neste ano a fim de obter apoio para sua eventual candidatura à reeleição no ano que vem. A região Nordeste seria um dos focos da presidente. Durante a série de reuniões com prefeitos, Dilma já acertou visitas às cidades de Fortaleza, Aracaju e Recife.

"Considero fundamental os votos do Nordeste [para a campanha de 2014]", disse Luciano Cartaxo. "A presidente teve nas últimas eleições uma diferença superior a 10 milhões de votos em relação ao concorrente no segundo turno", lembrou o prefeito.

Na semana passada, Dilma recebeu o prefeito de Aracaju, João Alves, do DEM, partido que faz oposição ao governo no Congresso. Ele foi ao Planalto acompanhado do governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), que conversou com a imprensa após o encontro.

"Eu e a presidente Dilma compreendemos que a democracia tem maturidade para compreender que a disputa eleitoral, a divergência ideológica, não podem impedir que haja um diálogo republicano federativo entre prefeitos e governadores e a presidenta, mesmo sendo de partidos diferentes", disse o governador na ocasião.

Fonte: G1