Dilma promulga lei que prevê impressão do voto na urna eletrônica

Impressão do voto vai valer para as eleições de 2018

A presidente Dilma Rousseff promulgou nesta quinta-feira (25), a lei que determina impressão do voto na urna eletrônica.

Aprovada pelo Congresso na minirreforma eleitoral, a impressão foi vetada pela presidente Dilma Rousseff em setembro. O veto, porém, foi derrubado na última quarta (18) e o novo sistema será usado nas eleições de 2018.

Pelo texto da nova lei, o comprovante será depositado em um local lacrado após a confirmação pelo eleitor de que a impressão estava correta.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manifestou-se contrariamente à sanção do item porque isso geria "altos custos", com impacto de R$ 1,8 bilhão.

Image title

Fonte: Com informações do G1