Dilma recebe presidente da Bulgária nesta segunda-feira em Brasília

Pai de Dilma, Pedro Rousseff, era búlgaro

A presidente Dilma Rousseff receberá nesta segunda-feira (1º) o colega da Bulgária, Rosen Plevneliev, no Palácio do Planalto. É a primeira visita oficial de um presidente búlgaro desde que Dilma assumiu o comando do Brasil.

Na Bulgária, em 2011, Dilma visitou museu em Gabrovo, onde nasceu o pai, (Crédito: Reprodução)
Na Bulgária, em 2011, Dilma visitou museu em Gabrovo, onde nasceu o pai, (Crédito: Reprodução)

No país europeu, ela ficou conhecida em 2010, quando foi eleita, em razão de suas origens. O pai dela, Pedro Rousseff, nasceu em Gabrovo, cidade da região norte central da Bulgária.

Pedro Rousseff deixou a Bulgária na década de 1920 e de lá seguiu para França, Argentina e, enfim, o Brasil, onde conheceu a mãe da presidente, Dilma Jane.

À época da eleição presidencial de 2010, a primeira disputada por Dilma, houve uma polêmica em torno de suas origens, quando circularam nas redes sociais boatos de que ela não poderia assumir o Palácio do Planalto por ser búlgara – a legislação brasileira diz que os candidatos devem ser brasileiros natos. Naquele ano, Dilma teve de desmentir a versão e dizer que era nascida no Brasil.

Fonte: Com informações do G1