Dilma Rousseff comparecerá ao Senado dia 29 para se defender

Na ocasião, ela também poderá responder pergunta dos senadores

A presidente afastada, Dilma Rousseff, comparecerá ao Senado, no próximo dia 29 de agosto, para se defender no processo de impeachment.

Nessa data também será a fase final do processo que finaliza com a votação no plenário do Senado. Para que a presidente seja condenada é preciso que 54 senadores votem pela cassação do mandato. Caso isso aconteça, o vice-presidente Michel Temer é confirmado na Presidência da República.

Os senadores anunciaram a data depois que se reuniram com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que é o responsável por presidir o julgamento da presidente no Senado.

Dilma Rousseff poderá fazer um pronunciamento em sua defesa que durará 30 minutos que poderá ser prorrogado por Lewandowski. Em seguida ela responderá a perguntas dos senadores. Mas, Lewandowski, acusação e defesa também podem fazer perguntas a presidente.


Presidente afastada Dilma Rousseff comparecerá ao Senado
Presidente afastada Dilma Rousseff comparecerá ao Senado




Fonte: Uol