Dilma Rousseff diz estar confiante e com a consciência tranquila

Presidente Dilma Rousseff encontra-se no Chile em visita oficial.

Nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, Dilma Rousseff, que encontra-se  no Chile em visita oficial, afirmou durante entrevista ao jornal "El Mercurio" que tem a consciência tranquila de não ter cometido nenhum crime. 

Durante a viagem, que tem como principal objetivo estimular as relações econômicas e comerciais, a presidente falou sobre eventual "impeachment". "A Constituição do Brasil é muito clara ao assinalar que o julgamento político se aplica à responsabilidade dos crimes pelo líder", declarou Dilma que abordou, ontem, 25, combate ao Aedes: "Vacina contra a dengue é um avanço para o Brasil".

Ela enfatizou: "atuei com total transparência e repudiei com veemência a corrupção. Corruptos e corruptores foram julgados e, se comprovados seus delitos, serão punidos de acordo com a legislação nacional".

"Independentemente das tentativas dos setores da oposição de me afastar da presidência por meios ilegítimos e ilegais, continuarei cumprindo o que me manda a Constituição", disse ao acrescentar: "Não vamos ser reféns dos que só nos criticam e não apresentam propostas construtivas". 

Dilma Rousseff
Dilma Rousseff







Fonte: Com informações do Exame