Dilma Rousseff participa de reflexão sobre o Mercosul

Dilma Rousseff participa de reflexão sobre o Mercosul

Segundo Itamaraty, haverá pouco acordo e ‘muita reflexão’.

A presidente Dilma Rousseff participa na próxima quarta-feira (29), no Paraguai, da primeira cúpula do Mercosul desde que tomou posse no cargo. Segundo o Itamaraty, a reunião do bloco formado por Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina terá pouco resultado concreto e muita ?reflexão? sobre o futuro da integração regional.

?O foco será pensar o que podemos fazer para aprofundar a integração e corrigir elementos que não estão bons. Será menos de tomar decisões e mais de trabalhar nesse exercício de reflexão. Estamos criando as novas pautas?, afirmou o subsecretário-geral de América do Sul, embaixador Antônio Simões. Ele afirmou que os acordos a serem firmados serão ?técnicos?.

A presidente Dilma Rousseff deve chegar a Assunção, capital do Paraguai, na manhã de terça (29). Por volta das 10h, ela terá reunião bilateral com o presidente paraguaio, Fernando Lugo. De acordo com o Itamaraty, serão assinados acordos de cooperação voltados à segurança na fronteira.

Dilma vai aproveitar o encontro para conversar sobre a aprovação no Congresso do projeto que autoriza o Brasil a triplicar o valor pago ao Paraguai pela energia excedente da usina hidrelétrica binacional de Itaipu, no rio Paraná, na fronteira entre os dois países. O aumento da tarifa era uma reivindica?Ela vai conversar sobre isso [Itaipu]. Era um compromisso da época do presidente Lula que foi cumprido por ela? disse Simões.

Após o encontro com Lugo, por volta das 11h, começa a reunião de cúpula do Mercosul. Às 13h, os chefes de Estado dos países presentes almoçam. Em seguida, participam de uma reunião reduzida e fazem uma declaração conjunta. A previsão é de que Dilma retorne ao Brasil ainda na quarta-feira, no início da noite.

Fonte: g1, www.g1.com.br