Dilma se reúne hoje com alto escalão do governo pela 1ª vez

Dilma se reúne hoje com alto escalão do governo pela 1ª vez

Na manhã desta segunda, o primeiro compromisso da presidente será um despacho interno

A presidente Dilma Rousseff realiza nesta segunda-feira (3) a primeira reunião de coordenação política de seu governo. No governo Lula, as reuniões de coordenação eram realizadas no início da semana e reuniam os principais ministros das áreas econômica e política.

Na manhã desta segunda, o primeiro compromisso da presidente será um despacho interno, seguido por uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Depois, ela recebe o ministro-chefe da Casa Civil , Antonio Palocci.

Dilma reservou o período da tarde para se encontrar com os presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS). Ela também recebe o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso.

A presidente encerra o dia recebendo os ministros das áreas política e econômica para a reunião de coordenação.

Reuniões

No sábado (1º), Dilma foi empossada presidente e no mesmo dia, após a cerimônia, participou de coquetel com autoridades estrangeiras no Itamaraty. No domingo (2), ela recebeu no Palácio do Planalto várias autoridades e chefes de estado. O primeiro compromisso foi uma reunião com o príncipe das Astúrias, Felipe de Bourbon. Ele representou a Espanha durante a cerimônia de posse de Dilma.

Depois de se encontrar com o príncipe, a presidente se reuniu com José Mujica, presidente do Uruguai, e com o primeiro-ministro da Coréia do Sul, Kim Hwang-Sik. Logo depois, a presidente se reuniu com o primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, e com Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina. Dilma recebeu ainda José Ramón Machado Ventura, primeiro vice-presidente de Cuba, e Taro Aso, ex-primeiro-ministro do Japão.

Ministros

Neste domingo, seis cerimônias de transmissão de cargo foram realizadas na Casa Civil, na Secretaria de Comunicação Social, na Secretaria-Geral da Presidência e nos ministérios da Justiça, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e das Relações Exteriores. Nesta segunda, mais 20 cerimônias de transmissão de cargo serão realizadas.

A primeira cerimônia foi no Ministério da Justiça. O novo ministro é José Eduardo Cardozo, secretário-geral do PT. Antonio Palocci assumiu a Casa Civil pregando união entre os ministérios. Cardozo e Palocci foram coordenadores da campanha da presidente.

No Itamaraty, Antônio Patriota prometeu "atenção diferenciada" para os vizinhos. Tereza Campello assumiu o Desenvolvimento Social e Combate à Fome destacou como desafio a erradicação da pobreza.

Ex-chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, novo secretário-geral da Presidência, disse que Dilma pediu a ele "sensibilidade" no governo. Helena Chagas, nova ministra da Secretaria de Comunicação Social, defendeu a liberdade de imprensa.

O primeiro ministro a assumir o cargo foi Alfredo Nascimento, dos Transportes. A cerimônia foi realizada já no domingo (1º), após a posse de Dilma.

Fonte: g1, www.g1.com.br