Dinheiro da Vale domina eleição no PI

Graças a esse dinheiro, Capitão Gervásio foi a cidade brasileira que mais avançou

Os dois candidatos a prefeito de Capit?o Gerv?sio Oliveira, no sudeste do Piau?, a 557 km de Teresina, disputam para exibir ao eleitor qual deles saber? administrar melhor o ?boom? que a microsc?pica economia local experimentou nos ?ltimos cinco anos. Significa investir no munic?pio o dinheiro de impostos e contribui?es pela explora??o de n?quel pagas pela gigante mineradora Vale do Rio Doce.

Gra?as a esse dinheiro, Capit?o Gerv?sio foi a cidade brasileira que mais avan?ou no ?ndice de desenvolvimento municipal criado pela Firjan (Federa??o das Ind?strias do Estado do Rio de Janeiro), medido a partir de vari?veis de emprego e renda, educa??o e sa?de.

Em 2000, ocupava a ?ltima coloca??o no ranking nacional. Cinco anos depois, n?o apenas obteve o maior avan?o percentual (237,8%), como deixou para tr?s outros 396 munic?pios.

Tanto Jos? Filho (PSB), candidato ? reelei??o, como Agapito Coelho (PSDB), prefeito entre 1997 e 2004, falam na cria??o de cursos de capacita??o, investimento em educa??o, constru??o de um hospital municipal e, antes disso, na solu??o urgente de problemas b?sicos, como o bombeamento de ?gua ao menos para a zona urbana (o ?nico hotel da cidade, por exemplo, depende de carro-pipa) e o tratamento do esgoto escoado diretamente para o principal reservat?rio local.

O tucano tem id?ias megaloman?acas, como a constru??o de um aeroporto para receber executivos da Vale. J? o candidato ? reelei??o sorri de orelha a orelha quando fala na expectativa de recursos obrigat?rios a serem repassados pela mineradora. ?O dinheiro do FPM vai virar troco?, diz o prefeito, que, no passado, recebeu R$ 2,5 milh?es do Fundo de Participa??o dos Munic?pios, o mesmo valor recebido nos ?ltimos tr?s anos s? de ISS pagos pela Vale.

A expectativa na pequena cidade piauiense ? de que a usina de n?quel seja instalada at? o fim de 2009, com o in?cio da explora??o em 2010. A estimativa ? de um potencial de explora??o de 81 milh?es de toneladas de n?quel, a serem retiradas nos pr?ximos 30 anos.

A Vale montou um acampamento no munic?pio em 2003, a princ?pio para pesquisas. Em 2007, com a concess?o de lavra do Departamento Nacional de Produ??o Mineral, instalou usina-piloto e ampliou a contrata??o de moradores, que ganham entre R$ 415 e R$ 1.000.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br