Dirigentes da Fifa são um peso, afirma Dilma Rousseff em jantar

Dirigentes da Fifa são um peso, afirma Dilma Rousseff em jantar

Aos presentes ao jantar, Dilma não revelou constrangimento por ter de se encontrar com o presidente da CBF.

A presidente Dilma Rousseff afirmou, durante jantar com jornalistas esportivos, no Palácio da Alvorada, na quinta-feira, que os principais dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) têm representado um peso. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, quando falava sobre a ampliação da rede de metrôs nas grandes cidades do País, Dilma foi questionada se tais obras eram por causa da Copa e respondeu: "tirem o Blatter e o Valcke das minhas costas! Não tem nada a ver com a Copa, são obras para as cidades?. Após a afirmação, um dos presentes no jantar perguntou: "eles são um peso, presidente?". "Ô, se são", concordou a presidente, em referência a Joseph Blatter, presidente da Fifa, e Jerôme Valcke, secretário-geral da entidade.

Aos presentes ao jantar, Dilma não revelou constrangimento por ter de se encontrar com o presidente da CBF, José Maria Marin, que, em 1976, elogiou o delegado Sérgio Paranhos Fleury , que é acusado de torturar o ex-marido da presidente, Carlos Araújo. "Por que citar o Carlos? Torturou a mim. Sabe o que eu sinto? Eu sinto que não sou eu quem tem de justificar nenhuma barbaridade para minha filha ou para meu neto. São eles que têm. Porque nós ganhamos. É assim que eu sinto: nós ganhamos.?

Fonte: Terra