Disputa por paternidade do Bolsa Família é "insegurança", diz Marina

Ela disse ainda que aprovação do Código Florestal é retrocesso

A candidata do PV à Presidência da República, senadora Marina Silva, visitou nesta quarta-feira (7) a 42ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios (Francal), no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

Ela criticou a disputa pela paternidade do Bolsa Família, programa social que é uma das marcas do governo Lula e que os tucanos afirmam ter derivado de ações desenvolvidas em gestões do PSDB.

"Vejo como insegurança [a disputa pela paternidade do Bolsa Família]. Quando se tem compromisso visceral, como teve o presidente Lula e como eu sei que eu tenho, pela minha trajetória, não precisa concorrer para mostrar quem é mais comprometido com o pobre", disse. "Esse compromisso é algo que se tem no DNA."

Segundo Marina, as pessoas "sabem quem tem compromisso e quem às vezes fica falando porque é período eleitoral". Ela afirmou que, se eleita, manterá o Bolsa Família e implantará uma terceira geração de programas sociais, combinados com ações educativas e profissionalizantes.

Fonte: g1, www.g1.com.br