Dois irmãos de José Alencar morrem no mesmo dia em MG

A informação foi confirmada por outro irmão de Alencar, Antônio Gomes.

Dois irmãos do ex-vice-presidente José Alencar morreram nesta sexta-feira em Estados diferentes em um intervalo de duas horas. A informação foi confirmada por outro irmão de Alencar, Antônio Gomes da Silva, que mora em Belo Horizonte.

O aposentado Álvaro Gomes da Silva, 92 anos, morreu em Piúma, no Espírito Santo. Ele estava internado desde quinta-feira em um hospital com um problema cardíaco. Pouco mais de uma hora depois foi a vez da também aposentada Elza da Silva Cataldo, 86 anos, em Belo Horizonte, onde morava, também de causas naturais.

"Foram dois irmãos, sim. Eles vão ser enterrados às 17h deste sábado", disse Antônio. O corpo de Álvaro será sepultado em Muriaé, na Zona da Mata de Minas Gerais, cidade onde nasceu o ex-vice presidente. Já o corpo de Elza será enterrado em Tocantins, também na Zona da Mata mineira.

Ainda segundo Antônio, a morte dos dois irmãos no mesmo dia foi mesmo uma coincidência. A dona Elza não chegou a tomar conhecimento da morte do irmão mais velho no Espírito Santo pouco tempo antes.

O ex-vice-presidente José Alencar teve 14 irmãos, sendo que três estão vivos. Alencar morreu em março do ano passado, depois de lutar durante 14 anos contra um câncer na região abdominal.

O corpo dele foi cremado na região metropolitana de Belo Horizonte, e as cinzas depositadas em uma capela no vilarejo de Itamuri, na zona rural de Muriaé.

Fonte: Terra