"É claro o caráter golpista",diz Dilma Rousseff sobre áudio de Jucá

Ela disse que deixa evidente o caráter “golpista” e conspiratório.

A presidente afastada Dilma Rousseff afirmou na noite desta segunda-feira (23) que a divulgação de conversa gravada entre o ministro do Planejamento afastado, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado deixa “evidente” o caráter “golpista” e “conspiratório” do processo de impeachment.

Dilma deu a declaração ao participar, em um parque de exposições em Brasília, da cerimônia de abertura do IV Congresso Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil.

“Agora, mais que nunca, está claro o caráter golpista, e verdadeiramente golpista deste processo de impeachment. A gravação que escutamos hoje [...] mostra o ministro do Planejamento interino Romero Jucá defendendo meu afastamento como sendo parte integrante, fundamental, de um pacto nacional, e tinha por objetivo interromper as investigações da Lava Jato. Deixa evidente o caráter golpista e conspiratório que caracteriza este processo de impeachment”, afirmou Dilma.

Para a presidente afastada, o episódio demonstrou que o processo de impeachment, que tramita no Senado, é a "melhor estratégia", para paralisar a Operação Lava Jato.

“Ele [Jucá] acabou de revelar que o impeachment é a melhor estratégia de paralisação da Lava Jato. Eles, que diziam que era para continuar a Lava Jato, por trás, evitavam e tomavam todas as medidas para paralisar”, completou. “Fui afastada por até 180 dias, para que seja julgado pedido fraudulento. Um dos principais articuladores confessa involuntariamente ‘sou golpista, somos golpistas e o golpe está em curso’.

Presidente afastada Dilma Rousseff (Crédito: Reprodução)
Presidente afastada Dilma Rousseff (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1