Eduardo Cunha faz churrasco de despedida na residência oficial

Ele tem até o próximo dia 6 para deixar casa

O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ofereceu na quarta-feira (27) um churrasco de despedida para funcionários na residência oficial da presidência da Câmara. A casa fica no Lago Sul, região nobre de Brasília. No último dia 7, o peemedebista renunciou à presidência, meses depois de ter sido afastado do cargo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A corte também suspendeu o seu mandato parlamentar por tempo indeterminado.

Após a renúncia, a diretoria-geral da Câmara informou que Cunha teria até 30 dias para deixar a residência oficial. O prazo se encerra no próximo dia 6 de agosto. Ele terá, no entanto, direito a morar em um apartamento funcional, como os destinados aos demais parlamentares em Brasília.

Segundo a assessoria de Cunha, cerca de 50 funcionários, que trabalharam com o peemedebista durante o período em que ele ocupou a presidência da Câmara, participaram do almoço na residência oficial.

Estavam presentes assessores, seguranças, policiais legislativos, e funcionários da casa, além da mulher de Cunha, a jornalista Cláudia Cruz. Parlamentares e políticos não foram convidados para o almoço que, segundo a assessoria do deputado afastado, foi custeado com recursos próprios de Eduardo Cunha em "um gesto de simpatia e gratidão" aos funcionários.

Cunha contratou uma empresa que ficou responsável pelo buffet. A organização do almoço colocou algumas mesas no jardim, próximas à piscina da casa. O almoço foi animado por música ao vivo, em uma estrutura de som montada ao lado das mesas.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1