Tribunal de Justiça do PI: Edvaldo Moura sanciona o reajuste

Tribunal de Justiça do PI: Edvaldo Moura sanciona o reajuste

A lei de aumento dos vencimentos é de autoria do Tribunal e aprovada pela Assembleia.

Despachando no Palácio de Karnak, o desembargador Edvaldo Pereira de Moura, presidente do Tribunal de Justiça, afastado momentaneamente de suas atribuições de chefe do Poder Judiciário Piauiense por estar no exercício das funções de governador do Estado, sancionou na última segunda-feira a lei de aumento dos vencimentos dos servidores da Justiça em 13%, de autoria do Tribunal e aprovada pela Assembleia.

O desembargador afirmou que a oportunidade de sancionar a lei de aumento dos vencimentos é representa o ato culminante de um processo ?difícil e espinhoso, dados os parcos recursos orçamentários com que lida o Judiciário, de valorização de seus servidores, buscando dar-lhes remuneração condizente com sua capacidade e preparo, e a importância de seu trabalho, imprescindível à pronta e eficaz prestação da justiça aos piauienses?.

Edvaldo Moura, no exercício da chefia do executivo estadual, também assinou decreto de designação de membros do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher e de alteração do Decreto nº 12.742, de 22 de agosto de 2007, que instituiu o Comitê Estadual de Erradicação do Aliciamento e de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo do Estado do Piauí.

Wilson Martins transmitiu o cargo de governador para o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí durante ato oficial, no aeroporto Petrônio Portela. O governador licenciado cumpre agenda oficial em Washington (Estados Unidos), onde participa da conferência Nordeste Brasileiro - Oportunidades de Investimentos e Investimentos em Oportunidades, promovida pelo Banco Mundial, em parceria com os governadores do Nordeste brasileiro.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte