Eike Batista doou R$ 750 mil para campanha de Cabral

No total, a campanha de Cabral recebeu R$ 20.677.106,61 em doações

O empresário Eike Batista doou para a campanha de Sérgio Cabral (PMDB), governador reeleito do Rio de Janeiro, de acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), R$ 750 mil. Nesta terça-feira (2), é o último dia para os candidatos, partidos políticos e comitês financeiros que concorreram no primeiro turno das eleições 2010 entregar a prestação de contas final da campanha, com exceção dos que disputaram o segundo turno.

No total, a campanha de Cabral recebeu R$ 20.677.106,61 em doações. O grupo bancário Itaú-Unibanco colaborou com R$ 700 mil, já o BMG, com R$ 600 mil. Porém, na relação o destaque fica para as construtoras e empresas ligadas ao ramo da construção civil. Elas são as principais doadoras, como a Camargo Correa (R$ 1 milhão), OAS (R$ 1 milhão), Queiroz Galvão (R$ 800 mil), Carvalho Hosken Engenharia e Construções (R$ 200 mil), Gerdau (R$ 200 mil) e Companhia de Cimento Ribeirão Grande (R$ 400 mil).

A fabricante de pneus Michelin também aparece como doadora: R$ 200 mil. Assim como a Klabin (R$ 200 mil), empresa que fabrica papel e celulose.

O deputado estadual Jorge Picciani (PMDB), candidato derrotado ao Senado, fez doações à campanha de Cabral, assim como seus filhos Leonardo e Rafael Picciani, deputado federal e estadual eleitos, respectivamente, totalizando R$ 112, 7 mil.

Fonte: Terra, www.terra.com.br