Eleições ainda podem ser alteradas em 122 cidades; há casos no PI

Eleições ainda podem ser alteradas em 122 cidades; há casos no PI

O TSE divulgou os votos recebidos por cada candidato pendente e começou a julgar os recursos pendentes.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode mudar o resultado da eleição para prefeito no município de Brasileira. Na apuração divulgada logo após a eleição, a candidata a prefeita Carmen Gean, do PC do B, apareceu com 2.245 votos; e os votos nulos somaram 3.224 - o que indica para a realização de uma nova eleição em Brasileira já que os votos nulos ultrapassaram a quantidade alcançada por Carmen Gean. No entanto, a situação pode mudar e a candidata Paula Araújo, do PSB, pode ser declarada a nova prefeita de Brasileira.

Paula Araújo obteve 2.913 votos e aguarda resultado de recurso impetrado no TSE. Caso a corte superior julgue procedente o recurso da socialista, Paula Araújo terá seus votos validados e será a nova prefeita eleita de Brasileira com vantagem de 668 votos.

Paula foi lançada candidata alguns dias antes das eleições, após a Justiça Eleitoral ter impugnado a candidatura de seu esposo, José Sampaio Filho. A candidatura de Paula ainda está pendente de julgamento, bem como a do seu candidato a vice, Amarildo de Sousa Melo, que foi indeferido e aguarda julgamento de recurso no TSE.

O resultado do primeiro turno das eleições poderá ser alterado em 122 cidades após o julgamento dos recursos de candidatos pendentes, segundo dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nas 122 cidades, o vencedor teve o registro de candidatura indeferido (negado) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas o TSE ainda avalia recurso. Assim, esses candidatos concorreram normalmente, mas na condição ?sub judice?, pendentes, e seus votos apareceram zerados na apuração final.

O TSE divulgou os votos recebidos por cada candidato pendente e começou a julgar os recursos pendentes, em um esforço concentrado. Nenhum dos 122 municípios, no entanto, teve sua situação avaliada. Ficaram pendentes após o 1º turno da eleição um total 6.916 pedidos de reconsideração, sendo 2.243 deles de candidatos a prefeito e a vereador barrados pela Lei da Ficha Limpa.

Fonte: Jornal Meio Norte