Elmano garante que servidor vai receber 13º salário adiantado

Elmano garante que servidor vai receber 13º salário adiantado

Os recursos deverão cair na conta dos funcionários no dia 15 de dezembro.

O prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), afirmou ontem que pagará o 13º salário dos servidores públicos municipais antecipadamente. Os recursos deverão cair na conta dos funcionários no dia 15 de dezembro, enquanto a previsão era que esse montante fosse depositado apenas no dia 20.

Ele também tranquilizou os fornecedores da Prefeitura de Teresina. Mesmo admitindo que a PMT vive um ?momento de austeridade?, Férrer ressaltou que ?ninguém vai ficar sem receber?.

?Vamos surpreender os servidores públicos municipais antecipando o pagamento do 13º salário para o dia 15. Pela primeira vez eles vão receber antes do dia constante no calendário de pagamento?, disse.

Elmano Férrer afirmou que terá uma reunião com o secretariado para definir a decoração natalina para Teresina. ?A prioridade são os credores, a folha de pagamento. Mas vai sair uma decoração bonita?, frisou.

O prefeito não quis confirmar se irá ocupar algum cargo público quando deixar o cargo, no próximo dia 31 de dezembro. ?Quero terminar bem meu mandato e tirar uma semana de folga?, resumiu. Férrer acredita ainda que a oposição à sua gestão esteja fazendo uma campanha de desconstrução do seu nome. ?Nosso Governo não terminou.

Estão fazendo terrorismo. Todo o Brasil sabe que os Estados e municípios estão passando por dificuldades. A situação da Prefeitura é boa, estão plantando coisas que não traduzem a verdade?, argumentou.

Elmano nega que deixará uma dívida de mais de R$ 200 milhões para o prefeito eleito, Firmino Filho (PSDB), assumir a partir de 2013. ?Com relação a essa dívida que estão dizendo, eu acho que a eleição passou e é preciso que desçam do palanque.

Vão querer desconstruir meu nome mas não vão conseguir porque o povo não se deixa enganar, e sabe quem faz, quem fez e quem teve muito tempo para fazer e não fez. Está havendo uma pressa, uma precipitação em assumir?, criticou.

Sobre a saída do secretário municipal de Educação, Paulo Machado, o prefeito afirmou que esta foi uma decisão pessoal do secretário. ?Ele fez uma viagem particular aos Estados Unidos e deixou uma carta pedindo exoneração em caráter irrevogável?, explicou.

Elmano avaliou a eleição como positiva e se declarou grato pela quantidade de votos recebida. ?Passamos 90 dias de eleições dedicados a ela, e estou muito agradecido à população de Teresina. Isso mostra que cidade não tem dono?, pontua.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte