Em gesto simbólico, presidente Lula vai visitar Haiti no final do mês de Fevereiro

Em gesto simbólico, presidente Lula vai visitar Haiti no final do mês de Fevereiro

O presidente Lula já marcou data para ir ao Haiti: será no dia 26 de fevereiro

O presidente Lula já marcou data para ir ao Haiti: será no dia 26 de fevereiro, um mês e meio depois do terremoto que arrasou o país. A permanência de Lula será de cerca de 24 horas, já que a visita se encaixa numa agenda que inclui outros três países: México, El Salvador e Cuba. E pretende ser um gesto simbólico, para ajudar a potencializar a atenção da comunidade internacional para o drama do Haiti e ao mesmo tempo dar visibilidade à ação brasileira no país.

O calendário eleitoral está ditando a montagem da agenda do presidente, que já avisou: pretende concentrar seus compromissos no exterior no primeiro semestre e deixar para o segundo apenas as viagens indispensáveis, num esforço para estar ausente o mínimo de tempo possível durante a campanha eleitoral.

O presidente toma como tarefa pessoal a eleição de Dilma Roussef ? muito mais que sua sucessora. Dilma presidente será a personificação da aprovação popular de seu governo.

Além de determinar o maior número de inaugurações possível para este início de ano, Lula mandou fechar a agenda das viagens ao exterior, que começa na Suíça e termina na China, e, por enquanto, ficou assim:

Janeiro: na quinta-feira, 28, às 13h, hora local, chega à Suíça. No dia seguinte, participa da 40ª Sessão Anual do Fórum Econômico Mundial, quando recebe o prêmio ?Estadista do Ano? ou ?Global Statement Award?.

Fevereiro: nos dias 22 e 23 (segunda e terça-feiras) ? México; 24 (quarta-feira) ? El Salvador; dia 25 (quinta-feira) ? Cuba, dia 26 (sexta-feira) ? Haiti

Março: de 14 a 19 (de domingo a sexta-feira), pela ordem: Israel, Palestina e Jordânia.

Maio: o presidente visita o Irã, mas a data ainda não está marcada.

Junho: de 2 a 4 (de quarta a sexta-feira) ? participa da Expo Xangai, na China.

Fonte: R7, www.r7.com