Dilma fala da expectativa pela visita do novo Papa ao Brasil

Dilma fala da expectativa pela visita do novo Papa ao Brasil

Presidente disse que Brasil "acompanhou com atenção" a escolha. Argentino Jorge Mario Bergoglio foi escolhido; brasileiro era favorito

A presidente Dilma Rousseff divulgou nota oficial nesta quarta-feira (13) para parabenizar o Papa Francisco, escolhido nesta tarde como novo líder da Igreja Católica. Ela disse que o Brasil, o maior país em número de católicos, "acompanhou com atenção o conclave e a escolha do primeiro papa latino-americano" e lembrou da expectativa dos fiéis com a visita do pontífice ao Rio de Janeiro, prevista para julho.

"Esta visita, em um período tão curto após a escolha do novo pontífice, fortalece as tradições religiosas brasileiras e reforça os laços que ligam o Brasil ao Vaticano", afirmou a presidente.

O conclave elegeu nesta quarta-feira (13) o cardeal Jorge Mario Bergoglio, argentino, como novo Papa, Francisco, sucessor de Bento XVI à frente da Igreja Católica Apostólica Romana. O nome escolhido pelos 115 cardeais foi anunciado por volta de 16h, após dois dias de conclave. A decisão surpreendeu, pois o argentino, citado inicialmente, não aparecia nas últimas listas de favoritos, que incluíam o brasileiro Dom Odilo Scherer e o italiano Angelo Scola.

Leia a íntegra da nota:

Em nome do povo brasileiro, congratulo o novo papa Francisco I e cumprimento a Igreja Católica e o povo argentino. Maior país em número de católicos, o Brasil acompanhou com atenção o conclave e a escolha do primeiro papa latino-americano.

É com expectativa que os fiéis aguardam a vinda do papa Francisco I ao Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude, em julho. Esta visita, em um período tão curto após a escolha do novo pontífice, fortalece as tradições religiosas brasileiras e reforça os laços que ligam o Brasil ao Vaticano.

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil

Fonte: G1