Em reunião com o PMDB, Sarney oficializa candidatura à Presidência do Senado

O ex-presidente da República já também já presidiu o Senado por duas vezes

O ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP), afirmou nesta quarta-feira (28), pela primeira vez, que é candidato à presidência do Senado. ?A partir desse momento eu sou o candidato?, disse o ex-presidente da República, que também já presidiu o Senado por duas vezes.

Sarney disse, durante entrevista coletiva, que em momento algum pensou em ser candidato, mas decidiu pela candidatura por essa ter sido uma decisão da bancada peemedebista. ?Disseram que eu seria a pessoa indicada para presidir o Senado?, afirmou, após participar de reunião da bancada do partido, na casa do presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN).

?Não pude deixar de atender uma solicitação de meu partido?, completou Sarney, destacando que, além da solicitação da bancada, setores da sociedade consideraram que ele seria a melhor opção para presidir a Casa.

Questionado sobre a possibilidade de o PMDB presidir as duas Casas, uma vez que Michel Temer (PMDB-SP) é o mais cotado para vencer na Câmara, Sarney disse que seu partido tem legitimidade para isso. ?O PMDB já é forte. Temos a maior bancada do Senado e a maior bancada na Câmara. Isso não é uma decisão do partido, mas o princípio da proporcionalidade?, concluiu.

Participaram da reunião, 17 dos 20 senadores da bancada do PMDB. Somente Mão Santa (PI), Pedro Simon (RS) e Jarbas Vasconcelos (PE) não estiveram presente ao encontro.

Fonte: g1, www.g1.com.br