Empréstimo de US$ 320 milhões para o Piauí é aprovado no Senado

Previsão de disponibilidade dos recursos para o Estado é para maio

Empréstimos para o Estado do Piauí e para a prefeitura de Teresina foram aprovados no Senado. Das três operações de crédito externo junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), aprovadas em plenário, duas são do Piauí.

O Bird emprestará ao Estado recursos nos valores de US$ 200 milhões e US$ 120 milhões para dois projetos que fomentarão o desenvolvimento do Estado; mais US$ 88 milhões para a melhoria da qualidade de vida e da gestão municipal da capital, dentro da segunda etapa do programa Lagoas do Norte.

Por meio desse empréstimo, que soma 320 milhões de dólares, o Estado executará os programas "Piauí: Pilares de Crescimento e Inclusão Social" e "Piauí: crescimento sustentável e inclusivo".

“É um recurso que será investido no que é fundamental para o desenvolvimento do Piauí, como educação, nos 224 municípios; ainda no que gera qualidade de vida, como melhores serviços e a regularização das terras, que traz segurança para investidores. Tudo isso será casado com uma política de crescimento econômico, que envolve a construção de estradas portos e aeroportos”, aponta o governador Wellington Dias, que acompanhou a aprovação da operação em Brasília.

Dias garante que acompanhará de perto o processo de liberação do crédito pelo Bird, que ainda passa pela Casa Civil e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) até chegar ao Banco Mundial. A previsão de disponibilidade dos recursos para o Piauí é para o mês de maio.

Fonte: Com informações do Portal do Governo