"Espaço no governo é finito", diz Dutra sobre demanda de partidos

"Espaço no governo é finito", diz Dutra sobre demanda de partidos

Presidente nacional do PT se reuniu com os dez partidos que apoiaram Dilma

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, afirmou nesta quarta-feira (10), depois de encerrar a rodada de conversas com os dez partidos da coligação de Dilma Rousseff, que seria preciso ampliar os cargos na máquina federal para atender a todas as demandas apresentadas pelos dirigentes partidários durante a conversa sobre o próximo governo.

?Como todos os partidos da base cresceram, quem diminuiu foi a oposição. Você não pode estabelecer que isso seja critério para ampliar também a participação no governo, porque seria preciso ampliar os cargos no governo para atender o conjunto dos partidos, o que não é a intenção?, afirmou Dutra.

Segundo Dutra, todos os partidos manifestaram desejo de ?manter e ampliar o espaço?. ?É natural que todos os partidos queiram manter e ampliar o espaço no governo, mas o espaço no governo é finito e todos os partidos fizeram questão de demonstrar um pensamento construtivo?, disse o presidente petista.

Responsável por conversar com os partidos da coligação sobre o processo de transição, o presidente do PT disse que irá elaborar um relatório com as demandas apresentadas pelos dirigentes e entregar a Dilma no sábado, quando a presidente retornará da reunião do G-20. ?Concluí a conversa com todos os dez partidos da coligação, mais o PP que não estava formalmente na coligação, mas apoiou a candidata Dilma. O clima foi muito bom, todos os partidos com o pensamento construtivo, e agora cabe à presidenta dar os desdobramentos necessários.?

Ainda segundo Dutra, os partidos apresentaram diferentes demandas: ?Alguns partidos apresentaram demandas no primeiro escalão, outros no segundo escalão e teve partido que não lançou nada na mesa.?

Fonte: g1, www.g1.com.br