Especialistas em ensino religioso homenageiam João de Deus

A solenidade aconteceu no pátio do Instituto Superior de Educação Antonino Freire.

Uma retrospectiva fotográfica, um passo a passo da luta à vitória de centenas de professores foi apresentada ontem (15) à noite na solenidade de descerramento da placa dos novos especialistas em docência para o ensino religioso. A solenidade aconteceu no pátio do Instituto Superior de Educação Antonino Freire. Mais uma vez o apoio do deputado João de Deus à causa da categoria foi reconhecido com um agradecimento especial.

Em todo o Piauí 320 professores foram capacitados pelo governo do Estado e agora podem participar de concursos. O trabalho de reconhecimento, porém, foi iniciado há muitos anos e, de acordo com o professor Roland Tavares, ?a dedicação do deputado às causas do magistério foi determinante para que buscássemos seu apoio?.

No começo deste mês aconteceu em Teresina a colação de grau de 120 especialistas das turmas do ISEAF e do Instituto Católico de Ensino Superior do Piauí. Na oportunidade João de Deus foi homenageado com uma placa.

?Foram dois anos de luta. Várias foram as reuniões em busca da unidade na categoria. Depois procuramos o deputado João de Deus e ele intermediou junto à Secretaria de Educação e ao governo do Estado a nossa licenciatura. Pela primeira vez pudemos fazer concurso público para ensino religioso, com 43 aprovados?, destacou o professor.

A diretora do ISEAF, Regina Sabóia, agradeceu à confiança do governador Wellington Dias e do secretário de Educação, Antônio José Medeiros, na instituição. Ela pediu para que os professores ?fortaleçam a humanização junto aos alunos do ensino fundamental, pois é um trabalho importante e necessário para formar cidadãos?.

João de Deus agradeceu as homenagens e afirmou que apenas fez o seu papel de parlamentar em defesa de uma causa justa. O líder do PT na Assembleia Legislativa disse ainda que ?fico muito feliz quando vejo um resultado como esse. Continuaremos à disposição para outras lutas?, completou.

Fonte: Ascom