"Esse tipo de postura rancorosa não cabe ao governador", diz Fenelon

"Esse tipo de postura rancorosa não cabe ao governador", diz Fenelon

A afirmação se deu em resposta às afirmações do deputado estadual Cícero Magalhães que disse que o governador abandonou o PT.

O secretário de Comunicação Fenelon Rocha esteve no programa Agora da Rede Meio Norte nesta sexta-feira, 03, e disse que segmentos do Partido dos Trabalhadores se mostraram contra os projetos que estão em execução no governo de Wilson Martins. A afirmação se deu em resposta às afirmações do deputado estadual Cícero Magalhães que disse que o governador abandonou o PT.

?O Magalhães é crítico dessas transformações desde fevereiro de 2011. As falas deles são sempre contrárias. Ele foi ostensivamente crítico, contra e boicotador. É um direito dele? É. Ele não pode agora dizer que estava junto. Ele nunca esteve!?

Quanto às nomeações o secretário afirmou que em qualquer governo os critérios devem acontecer a partir de credenciais e que os partidos fizeram a indicação dos melhores nomes. ?Os nomes não foram indicados pelo governador e sim pelos partidos. O próprio Magalhães indicou uma pessoa com um currículo extraordinário. Mesmo o deputado dando as costas para esse projeto, o governo manteve a pessoa que ele indicou para preservar a qualidade do quadro.?



O PT, segundo Fenelon Rocha, tinha sete postos importantes no governo de Wilson e quanto às afirmações de insatisfações de Cícero Magalhães ele diz seguramente que ?esse tipo de ranço e de postura rancorosa não cabe ao governador?.

VEJA A ENTREVISTA


Cícero Magalhães sempre foi boicotador, afirma... por redemeionorte

Fonte: Denison Duarte