Estado vai investir em internet banda larga na rede pública de ensino

Governador discute a ampliação da velocidade da internet nas escolas estaduais, com o uso de tecnologia de fibra ótica.

O governador Wellington Dias se reuniu, na manhã desta segunda-feira (6), com o diretor da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), Avelino Medeiros; o gerente de Relações Institucionais da Oi, Agostinho Ribeiro e representantes da Secretaria da Educação e Cultura (Seduc). A pauta da reunião foi a necessidade de ampliação da velocidade da internet da rede estadual de ensino do Estado, para que esta possa, inclusive, ser utilizada no sistema de Ensino a Distância.

Na reunião, foi discutido o aumento da velocidade da internet, através da utilização da fibra ótica, bem como a adoção de equipamentos para melhorar o acesso, impedir a entrada de vírus e monitoramento.

Segundo o diretor da ATI, está sendo elaborado um Projeto de Infraestrutura de Comunicação, baseado em fibra ótica. “A Infraestrutura de Comunicação terá velocidade e tecnologia de um link que permita o Ensino a Distância em perfeitas condições. Já que o que está disponível hoje, não permitiria fazê-lo com qualidade”, explica Avelino Medeiros.

O diretor afirma ainda que serão realizadas parcerias, com empresas privadas e o Governo Federal, para trabalhar num projeto piloto que leve a internet banda larga a todos os municípios. O projeto também beneficiará os órgãos públicos, que disporão de uma internet de alta velocidade. “A Seduc já está trabalhando com uma solução de otimização dos links já existentes, no bloqueio de vírus e evitando gerar arquivos temporários em páginas já visitadas, o que já possibilita o aumento da velocidade da internet”, completa o diretor.

O governador Wellington Dias pontua a necessidade de ter internet de qualidade à disposição do aluno do ensino médio, para que este possa conhecer o mundo digital e tenha a oportunidade de participar de aulas por videoconferência. Segundo ele, a internet banda larga, através de pontos de conexão nas escolas, também será utilizada no sistema da Universidade Aberta, em cursos de graduação e pós-graduação.

Dias revela acreditar que o uso da internet para a comunicação é tão importante para a população quanto os serviços básicos, como energia, água, asfalto. “O Piauí deseja trabalhar no sentido de antecipar metas para o Brasil. Tivemos hoje uma agenda com a Oi, trazendo a tecnologia da informação para uma área que já está utilizando, que é a educação. Queremos que até 2018, todos os municípios do Piauí possuam cobertura 3G e os municípios polo possuam internet 4G. Isso é bom não somente para a população, mas também para o setor privado”, conclui o governador.

Fonte: Portal o Povo