EUA vão cooperar com investigação brasileira sobre a ditadura militar

A oferta foi feita pelo vice-presidente americano, Joe Biden, à presidente Dilma Rousseff na manhã desta terça-feira.



O governo dos Estados Unidos anunciou que vai tirar o status de confidencialidade sobre documentos que possam ajudar as investigações brasileiras sobre violações de direitos humanos durante a ditadura militar. A oferta foi feita pelo vice-presidente americano, Joe Biden, à presidente Dilma Rousseff na manhã desta terça-feira.

?Os EUA está iniciando um projeto especial para desclassificar e compartilhar com a Comissão Nacional da Verdade documentos sobre a ditadura no Brasil?, informou Biden, em declaração à imprensa.

A Comissão Nacional da Verdade foi instalada em 2012 pela presidente Dilma Rousseff e tem a missão de investigar crimes contra direitos humanos entre os anos de 1946 e 1988, período que compreende os chamados ?Anos de Chumbo?. O relatório final é esperado para ser entregue em dezembro deste ano.

"Espero que olhando documentos do passado, possamos focar na imensa promessa do futuro", declarou o vice-presidente americano.

O anúncio de oferta de documentos americanos ocorre menos de uma semana depois de Brasil e Chile terem assinado documento de cooperação para compartilhamento de informação sobre as ditaturas dos dois países.

Fonte: Terra