Ex-prefeito de L.C é acusado de beneficiar empresas

No negócio, o município receberia por ano R$ 65 mil, enquanto que a empresa subsidiária receberia R$ 420 mil.

O ex-prefeito de Luís Correia, Antônio José dos Santos Lima, está sendo acusado de fazer uso oneroso em uma área de 2.300 hectares, pertencentes ao município de Luís Correia, a um empresário sem licitação ou autorização da Câmara Municipal de cidade.

No negócio, o município receberia por ano R$ 65 mil, enquanto que a empresa subsidiária ficaria com o direito de sublocar, recebendo R$ 420 mil por ano. De outro lado, quando uma empresa de energia eólica começasse a funcionar passaria a pagar, acrescendo aos valores mais 1,7% de todo o total bruto da produção de energia, que é vendida ao Governo Federal, valores que poderiam chegar a R$ 3 milhões por ano.

Fonte: Walteres Arraes