Ex-presidente do PT, José Genoino recebe alta de hospital em Brasília na manha deste domingo

Ex-presidente do PT, José Genoino recebe alta de hospital em Brasília na manha deste domingo

O deputado federal estava internado desde a última quinta-feira (21) para avaliação médica.

O ex-presidente do PT José Genoino deixou o ICDF (Instituto de Cardiologia do Distrito Federal) por volta das 6h30 deste domingo (24). O deputado federal estava internado desde a última quinta-feira (21) para avaliação médica. De acordo com a assessoria de imprensa do deputado, ele deixou o hospital e foi para a casa de sua filha Mariana Genoino em Brasília.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, ele saiu do hospital de carro de passeio e foi direto para a casa da filha, cujo endereço não foi informado. Ele continua sob cuidados médicos, fazendo exames para acompanhar a coagulação sanguínea e pressão arterial.

Ao deixar o Instituto de Cardiologia, o deputado não falou com a imprensa. A família quer que o deputado fique mais reservado para que o estresse não agrave seu estado de saúde enquanto ele espera a resultado da perícia médica à qual foi submetido e a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o pedido de prisão domiciliar.

Equipe médica

A equipe que avaliou Genoino é composta por cinco médicos que integram o corpo docente da UnB (Universidade de Brasília) ou atendem no HUB (Hospital Universitário de Brasília). São cardiologistas, especialistas em cirurgia cardiovascular e perícia médica. A junta médica é presidida pelo dr. Luiz Fernando Junqueira Júnior (professor titular de cardiologia da UnB, PhD).

A avaliação deles será entregue a Barbosa. Na última quinta-feira (21), o ministro permitiu que Genoino cumpra a pena em casa ou no hospital até que saia o laudo médico da equipe indicada. A decisão foi tomada após Genoino passar mal no presídio e ser levado às pressas para o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal.

O deputado foi um dos réus condenados do mensalão presos no último dia 15. Ele cumpria pena em regime semiaberto junto com José Dirceu e Delúbio Soares na penitenciária da Papuda. A defesa de Genoino pede que ele cumpra a pena em regime domiciliar. Em julho o deputado passou por cirurgia cardíaca e, por isso, em setembro foi licenciado das suas atividades na Câmara.

Leia a íntegra do último boletim:

"Brasília, 24 de Novembro de 2013.

O Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) informa que o paciente José Genoino Neto, apresentou melhora dos níveis de pressão arterial e dos parâmetros de coagulação sanguínea. Nesta manhã (24/11), após nova avaliação médica, recebeu alta hospitalar e deixou a instituição às 06h 30m."

Fonte: r7