Ex-presidente Lula afirma não crer na existência do mensalão

Ex-presidente fala do escândalo de seu governo em entrevista ao jornal americano ‘The New York Times’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse em entrevista publicada ontem no jornal americano ?The New York Times?: ?Eu não acredito que o Mensalão existiu.? Mas, falando sobre o julgamento dos réus envolvidos no escândalo de seu governo, Lula afirmou que vai respeitar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e admitiu: ?Se alguém for considerado culpado deve ser punido, e se alguém for considerado inocente deve ser absolvido?.



Segundo a reportagem, Lula explicou que seu governo não precisaria ?comprar votos? de parlamentares porque ele tinha maioria no Congresso. Ao explicar como funcionava o esquema que veio à tona em 2005, o jornal americano chama a Justiça brasileira de ?lenta? porque só agora o julgamento começou no STF.

O NYT faz referência à denúncia do ministro Gilmar Mendes, do STF, que disse ter sido pressionado por Lula a adiar o julgamento. E informa que o ex-presidente disse que a afirmação do ministro era falsa. Para o jornal, o julgamento é uma das dificuldades mais sérias que Lula e o PT já enfrentaram.

Sobre a possibilidade de a presidenta Dilma Rousseff sair de cena para que ele se candidate em 2014, o petista foi categórico ao jornal: ?Dilma é minha candidata e, se Deus quiser, ela vai ser reeleita?.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) também foi entrevistado pelo NYT e chamou Lula de ?encantador de serpentes?.

Fonte: O Dia Online