Ex-deputado foi preso por apropriação de salários de servidores

Ex-deputado foi preso por apropriação de salários de servidores

Além dessa condenação, o ex-vereador tem outra, ainda não transitada em julgado

O ex-vereador de Curitiba e ex-deputado estadual Aparecido Custódio da Silva (PR) foi preso na manhã desta segunda-feira pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. Custódio foi condenado a nove anos e dois meses de prisão por ter se apropriado, por 233 vezes, de parte da remuneração que era destinada a servidores nomeados para cargos em comissão em seu gabinete na Câmara Municipal da capital, entre 1993 e 2000.

A condenação por peculato continuado ocorreu nos autos da Ação Penal 2000.3332-4, da 6ª Vara Criminal, confirmada pelo Tribunal de Justiça do Paraná na Apelação Criminal 351.419-4. De acordo com a denúncia do Ministério Público, entre janeiro de 1993 e março de 2000, quando exercia mandato de vereador, Custódio teria desviado um total de R$ 1,59 milhão, sem correção monetária, com o recebimento de salários de funcionários-fantasma e de parte de salários de assessores e outros funcionários com cargo em comissão.

Além dessa condenação, o ex-vereador tem outra, ainda não transitada em julgado, a uma pena de quatro anos e dez meses de reclusão em regime semiaberto, além de 180 dias-multa. Ambas ações foram propostas pela Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público do foro central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba.

Fonte: Terra, www.terra.com.br