Família Cunha possui patrimônio incompatível de bens,aponta Receita

Entre 2011 e 2014, família de Cunha acumulou patrimônio milionário

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira (7) pelo jornal Folha de S. Paulo, denuncia que  Eduardo Cunha, a  esposa, Cláudia Cruz, e a filha deles, Danielle Dytz da Cunha, acumularam entre 2011 e 2014,  um patrimônio avaliado em nada mais nada menos que R$ 1,8 milhões.

Presidente da Câmara na companhia de sua família
Presidente da Câmara na companhia de sua família

A reportagem, baseada em um relatório sigiloso da Receita Federal, aponta que tais bens adquiridos não são compatíveis com o rendimento da família Cunha. "Os montantes dos indícios apontados estão significativamente influenciados pelos gastos efetuados com cartão de crédito”, diz um trecho do relatório publicado na matéria da Folha de São paulo.

Em resposta à Folha, a assessoria do presidente da Câmara informou que desconhece  tais informações de supostas irregularidades. Cunha, assim como em outros casos, diz que seus 'lucros' foram gerados de negócios na África nos anos 90. PGR pede afastamento da presidência e cassação do mandato de Cunha.

Para quem não se lembra, Cunha está sendo investigado pela a Procuradoria-Geral da República (PGR) na Operação Lava Jato, sob acusação de ter recebido dinheiro de propina.  Ele  também é alvo de inquérito que apura suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro em razão de quatro contas que possui na Suíça.

PGR denuncia Cunha por esquemas de corrupção nas Olimpíadas. Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 estão no centro da atuação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) nos esquemas de corrupção denunciados pela Procuradoria Geral da República (PGR) nesta semana.





Fonte: Com informações do BrasilPost