Festa da posse de Dilma terá show com cinco cantoras

Após a cerimônia, Dilma receberá chefes de Estado no Itamaraty.

A festa de posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, no dia 1º de janeiro, terá forte presença feminina. A partir das 18h30, após a cerimônia da posse, será realizado em um palco na Praça dos Três Poderes o show ?Cinco ritmos do Brasil?, com as cantoras Elba Ramalho, Fernanda Takai, Gaby Amarantos, Mart"nália e Zélia Duncan.

As apresentações, com entrada franca, começam às 10h e vão até às 21h, na Esplanada dos Ministérios e na Praça dos Três Poderes. A festa também vai comemorar a posse do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT).

Das 10h até o meio-dia haverá apresentações de grupos infantis, com mamulengo e pernas de pau. Os shows musicais também começam às 10h e vão até as 14h, divididos em quatro tendas montadas na Esplanada que homenageiam as regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul. No encerramento dessas apresentações os artistas se unirão em um cortejo cívico-cultural que irá saudar Dilma Rousseff entoando o Hino Nacional Brasileiro.

Entre as atrações das tendas estão os Tambores do Tocantins, danças tradicionais Macuxi, grupo Flor Ribeirinha, grupo Jabuti-Bumbá, Grupo Folclórico Ucraniano Brasileiro Vesselka, Grupo Catumbi de Guaramirim, Jongo de Piquete, hip hop indígena e música caipira com a dupla Zé Mulato e Cassiano.

Roteiro

A cerimônia de posse da presidente Dilma Rousseff começará às 14h30 com o desfile em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios. Ao final do desfile, Dilma entrará no Congresso pela rampa principal. No Congresso Nacional, Dilma fará o juramento à Constituição

Se estiver chovendo no dia da posse, ela desfilará em carro fechado e entrará no Congresso pela chapelaria. O carro presidencial será acompanhado por batedores motorizados e agentes da Polícia Federal. Também haverá atiradores de elite posicionados em pontos estratégicos da Esplanada para eventuais problemas.

Do Congresso, Dilma seguirá para o Palácio do Planalto para receber a faixa presidencial e discursar. Cerca de 20 mil populares são esperados para a cerimônia.

Após a cerimônia no Palácio do Planalto, Dilma recepcionará chefes de Estado, ministros e outras autoridades em um coquetel no Itamaraty.

Fonte: g1, www.g1.com.br