FHC declara que Eduardo Cunha não vai resistir no cargo

Ex-presidente tucano participou de debate nesta terça-feira em SP

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), alvo de um processo de investigação no Conselho de Ética da Casa, não resistirá no cargo.

Image title


"O Supremo Tribunal Federal, primeiro, tem de fazer o que já deveria ter sido feito: considerá-lo réu. Porque enquanto ele não for considerado réu, ele formalmente vai se defender, porque lá tem outros 170 que também são acusados. É verdade. Agora, o Cunha não vai resistir. Não tem mais jeito, não tem base para ficar lá", afirmou o ex-presidente.

Investigado na Operação Lava Jato, Eduardo Cunha é acusado pela Rede Sustentabilidade e pelo PSOL – autores da representação no Conselho de Ética – de mentir em depoimento à CPI da Petrobras, em março, quando disse não possuir contas bancárias no exterior. Documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apontam, porém, que o peemedebista é controlador de contas na Suíça.

Cunha negou ser o dono das contas, mas admitiu possuir ativos no exterior que são administrados por trustes – entidades legais que administram bens em favor de um ou mais beneficiários

Fonte: Com informações do G1