FHC diz que Dilma é autoritária e dogmática

FHC diz que Dilma é autoritária e dogmática

Ministra da Casa Civil deverá disputar Presidência da República pelo PT

 O jornal americano "Miami Herald" publicou, nesta quinta-feira (11), uma entrevista com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) sobre as eleições no Brasil. De acordo com a reportagem, o ex-presidente disse que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, possível candidata do PT à Presidência da República, é "autoritária" e mais “dogmática” que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Ela é mais dogmática. Ela tem uma visão ultrapassada, favorecendo uma maior interferência do Estado [na economia]”, afirmou o tucano, segundo a reportagem. Em outro trecho, o ex-presidente diz que ela provavelmente se aproximaria mais da esquerda do presidente venezuelano Hugo Chávez.

O G1 procurou a assessoria do ex-presidente, mas não conseguiu contato. A reportagem também procurou a assessoria da Casa Civil e aguarda resposta. No artigo, assinado por Andres Oppenheimer, o ex-presidente é citado como “o arquiteto da recuperação econômica brasileira” e “uma das vozes mais respeitáveis da oposição”.

O colunista perguntou a Fernando Henrique se Dilma vencerá. “Acho que ela terá dificuldade. Ela crescerá nas pesquisas porque o presidente Lula acelerou o início da campanha, a oposição ainda não escolheu um candidato oficialmente e, assim, ela ganha visibilidade nos meios de comunicação. Mas acho que, quando as pessoas forem votar e verem qual candidato inspira mais confiança, as coisas irão mudar”, respondeu, segundo a reportagem.

Em seguida, questionado sobre o porquê de sua afirmação, o ex-presidente argumentou que Dilma ainda não tem nenhuma experiência de liderança. “Ela não foi governadora, nem prefeita, nada. É difícil pensar que as pessoas colocarão sua confiança em alguém que é um servidor público, não um líder, enquanto em outro campo você tem líderes com um passado comprovado”, disse.

Fonte: g1, www.g1.com.br