FHC diz que Dilma Rousseff  "fez bem" ao criar Comissão

FHC diz que Dilma Rousseff "fez bem" ao criar Comissão

Comissão da Verdade vai apurar violação de direitos humanos na ditadura

Ex-presidentes da República elogiaram nesta quarta-feira (5) a criação da Comissão da Verdade, que investigará violações aos direitos humanos cometidos apurar as violações aos direitos humanos cometidos entre 1946 e 1988, período que inclui a ditadura militar.

Em um gesto político de reconciliação com o passado, a presidente Dilma Rousseff desceu a rampa do Palácio do Planalto ao lado dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso e José Sarney.

?Foi um passo estupendo que a sociedade deu na conquista da democracia. É importante lembrar que foi a única comissão da verdade no mundo surgida de baixo para cima. Foi uma coisa surgida de povo para povo?, afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fernando Henrique Cardoso destacou que a Comissão da Verdade não é uma questão política ou de governo. ?Ela [Dilma] tratou essa questão como deve. É uma questão de Estado. Ela fez bem e reconheceu. Não é uma questão política, é uma questão de cidadania, de democracia. Com isso, ela motiva a comissão a agir pensando no Brasil.?

O ex-presidente Fernando Collor afirmou que ficou ?emocionado? com o discurso da presidente Dilma na cerimônia de instalação da comissão. ?É uma importância transcendental porque o Brasil se encontra consigo próprio no momento em que dá oportunidade para a verdade vir à tona.?

Durante a cerimônia, Dilma homenageou os ex-presidentes do período democrático. ?Celebramos hoje um ato de Estado, por isso muito me alegra estar acompanhada por todos os ex-presidentes que me antecederam nesses 28 benditos anos?, afirmou. Ela citou o ex-presidente já falecido Itamar Franco.

Com a instalação da comissão, os sete integrantes terão dois anos para apresentar um relatório com a narrativa e as conclusões sobre os crimes cometidos. Segundo Dilma, o grupo não tem por objetivo qualquer tipo de ?revanche?.

"Ao instalar a Comissão da Verdade, não nos move o revanchismo, o ódio ou o desejo de reescrever a história de uma forma diferente do que aconteceu", afirmou a presidente em discurso. "Nos move a necessidade imperiosa de conhecê-la [a verdade] em sua plenitude, sem ocultamento", declarou.

Fonte: G1