FHC é premiado como o pior presidente do Brasil da era pós-ditadura

O tucano foi o único presidente a terminar sua gestão com a reprovação maior que a aprovação, um marco nunca atingido por outro presidente.

O ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi o pior presidente da história do Brasil, segundo as pesquisas Datafolha reveladas durante sua gestão.

O tucano foi o único presidente a terminar sua gestão com a reprovação maior que a aprovação, um marco nunca atingido por outro presidente.

A popularidade de Dilma Rousseff tem seus altos e baixos. Porém, as pesquisasse distanciam e cada uma demonstra uma opinião diferente. Para os entrevistados,FHC representou somente a classe rica durante seu mandato e seu pior ponto negativo foi a fome e o desemprego.

Comparações dos índices de popularidade Datafolha dos presidentes pós-Ditadura Militar mostram que Fernando Henrique Cardoso foi o pior presidente do Brasil.

Ele é acusado de “trabalhar pouco” e “respeitar mais os ricos”. Nas frases colhidas pela pesquisa é possível encontrar as razões da queda de FHC. “Ele desvalorizou os pobres”, diz uma mulher de Ribeirão Preto (SP) que votou em Lula.

“Ele mentiu dizendo que haveria empregos para todos”, diz um eleitor de FHC.

Para os entrevistados na época, a corrupção era um ponto preocupante de FHC; e para a maioria dos entrevistados, existia sim corrupção em seu governo e nas estatais. Na opinião de cerca de metade (49%) dos entrevistados, os maiores prejudicados durante ogoverno FHC foram os trabalhadores, de um modo geral.

Confira algumas pesquisas da época:

Fernando Henrique Cardoso bate recorde de impopularidade

19/11/1999

O presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) bateu seu recorde deimpopularidade em 4 anos e 9 meses de governo. Pesquisa nacional do Datafolharevela que 56% dos brasileiros consideram seu governo “ruim ou péssimo“. Na pesquisa anterior, em junho, esse índice era de 44%.

Para 13%, ele é “ótimo ou bom” . O desemprego é apontado como o principal problema do país. A queda de popularidade respingou na imagem do presidente. FHC ainda é visto como “moderno” e “inteligente”, mas também é tido como “falso”, “orgulhoso” e “indeciso”. É acusado de “trabalhar pouco” e “respeitar mais os ricos”.

Nas frases colhidas pela pesquisa é possível encontrar as razões da queda de FHC. “Ele desvalorizou os pobres”, diz uma mulher de Ribeirão Preto (SP) que votou em Lula. “Ele mentiu dizendo que haveria empregos para todos”, diz um eleitor de FHC.

FHC encerra mandato com reprovação maior do que aprovação

15/12/2002

Prestes a encerrar um período de oito anos ocupando a Presidência da República,Fernando Henrique Cardoso tem maior taxa de reprovação do que aprovação: para 36% dos brasileiros, o desempenho do presidente vem sendo ruim ou péssimo (mesmo percentual dos que consideram-no regular), contra 26% que acham que ele vem sendo ótimo ou bom.

Além disso, para 35% o país, hoje, de um modo geral, em relação ao que era antes do início do governo Fernando Henrique Cardoso, está melhor; percentual similar (34%) acha que o país está pior. Acham que o país não mudou nesse período, nem para melhor, nem para pior, 28%.

Esses são alguns dos principais resultados de pesquisa realizada pelo Datafolha entre os dias 9 e 11 de dezembro. Foram entrevistados 14.559 brasileiros em 365 cidades de todas as unidades da Federação. A margem de erro máxima para esta pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Fonte: Plantao Brasil