FHC elogia Dilma e diz que ela não é responsável pela crise política

A presidente Dilma Rousseff (PT) elogia o tucano por ser, "desde jovem", "um democrata".

Às vésperas de completar 80 anos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso "quer estar de bem com a vida". Descontraído, ele deu entrevista antes de recepcionar cerca de 500 convidados em um jantar de comemoração pelo seu aniversário, na Sala São Paulo, no coração da capital paulista.

"Eu quero continuar com vigor, trabalhando pelo Brasil, e também por mim, para me sentir bem. Quero estar de bem com a vida", disse o tucano, que ganhou um jantar



Líderes de seu partido, o PSDB, compareceram em peso ao evento. O ex-governador José Serra e o senador Aécio Neves, por exemplo, foram prestigiar o correligionário. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab também. O governador Geraldo Alckmin não foi, mas enviou uma mensagem a FHC. "Ele não veio porque viajou para o México", explicou o ex-presidente.

Em depoimento a ser divulgado num site comemorativo dos 80 anos de Fernando Henrique Cardoso, a presidente Dilma Rousseff (PT) elogia o tucano por ser, "desde jovem", "um democrata" e pela "importante contribuição" dada ao país.

A mensagem de Dilma é a mais vistosa das manifestações colhidas para o site a ser lançado nos próximos dias com depoimentos de personalidades do Brasil e do exterior --em texto, áudio e vídeo-- sobre o ex-presidente, que ocupou o Palácio do Planalto de 1995 a 2002 e transmitiu o cargo a Lula, fiador da eleição de Dilma.

O texto de Dilma foi enviado aos organizadores do site há cerca de um mês, antes da crise que acabou por derrubar o ministro Antonio Palocci da Casa Civil. Em carta, FHC agradeceu à presidente pelo gesto.

Fonte: Folha.com